29.10.06

E foi isto que ele escreveu para todos lerem:

"Amo te pelo que tu es! Amo te pelo bem que me faz! Amo te porque me faz sorrir com as coisas mais simples do mundo! Amo te porque es especial para mim! Amo te porque me faz sentir especial! Amo te porque es a minha maria! Enfim AMO TE porque es a mulher da minha vida!" Th. 24.10.2006
"Encontra o rapaz que te chama gira, em vez de boa.
Que te telefona quando lhe desligas o telemóvel na cara.
Que fica acordado só para te ver dormir.
Espera pelo rapaz que te beija a testa.
Que te quer mostrar ao mundo inteiro.
Que fica de mãos dadas contigo em frente aos amigos.
Espera pelo rapaz que te está constantemente a lembrar do quanto és importante para ele, e de quanta sorte ele tem de te ter.
Espera pelo rapaz que se vira para os amigos e diz: É Aquela. "

Posso, então dizer: Eu já o encontrei :)))))
Pois é, já há algum tempo que não venho para estes lados...O que poderei dizer? Ando demasiado feliz e ocupada para poder vir aqui de vez em quando...É que eu sou daquelas pessoas a quem só lhe vem mais inspiração quando está em baixo. Mas, vamos a ver, se mesmo assim eu venho dar uma pequena contribuição de vez em quando...

16.6.06

Around the corner I have a friend,
In this great city that has no end,
Yet the days go by and weeks rush on,
And before I know it, a year is gone.
And I never see my old friends face,
For life is a swift and terrible race,
He knows I like him just as well,
As in the days when I rang his bell.
And he rang mine but we were younger then,
And now we are busy, tired men.
Tired of playing a foolish game,
Tired of trying to make a name.
"Tomorrow" I say! "I will call on Jim
Just to show that I'm thinking of him."
But tomorrow comes and tomorrow goes,
And distance between us grows and grows.
Around the corner, yet miles away,
"Here's a telegram sir," "Jim died today."
And that's what we get and deserve in the end.
Around the corner, a vanished friend.

Remember to always say what you mean.
If you love someone, tell them.
Don't be afraid to express yourself.
Reach out and tell someone what they mean to you.
Because when you decide that it is the right time it might be too late.
Seize the day. Never have regrets.
And most importantly, stay close to your friends and family, for they have helped make you the person that you are today.
E se os "deficientes" fossemos nós?

http://www.ad-awards.com/inc/video.swf?id=104

11.6.06

Morre lentamente...

quem não lê,

quem não viaja,

quem não ouve música,

quem não encontra graça em si mesmo.


Morre lentamente...

quem destrói seu amor próprio,

quem não se deixa ajudar.


Morre lentamente...

quem se transforma em escravo do hábito
repetindo todos os dias os mesmos trajectos,

quem não muda de marca,
não se arrisca a vestir uma nova cor
ou não conversa com quem não conhece.


Morre lentamente...

quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções,
justamente as que resgatam o brilho dos olhos
e os corações aos tropeços.


Morre lentamente...

quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, ou amor,

quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho

quem não se permite, pelo menos, uma vez na vida, fugir aos conselhos
sensatos...


VIVA HOJE!
ARRISQUE HOJE!
FAÇA HOJE!
Não se deixe morrer lentamente!
NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ!

4.6.06

Existe um país...

Existe um país onde um cidadão de 81 anos depois de ter cumprido 10 anos de mandato como Presidente da República e de ter estado 10 anos de molho decide candidatar-se novamente para salvar o país de um fantasma, passando por cima de um amigo de longa data.

Existe um país onde três candidatos autárquicos com fortes probabilidadesde vencer estão indiciados por processos fraudulentos e uma outra candidata a candidata com mandato de prisão emitido e foragida no Brasil, tem toda a cidade a aguarda-la tal qual D. Sebastião.

Existe um país onde o único escritor galardoado com o prémio Nobel da Literatura vive no país vizinho.

Existe um país de onde é oriundo aquele que é considerado o melhor treinador de futebol da actualidade, cujo seleccionador nacional é estrangeiro.

Existe um país onde o maior sucesso nacional do ano é um disco de originais de um músico que morreu há quinze anos.

Existe um país onde os dois guarda-redes da selecção nacional são suplentes de dois guarda-redes da mesma nacionalidade nos respectivos clubes.

Existe um país onde o nome da mascote (Kinas) do principal evento desportivo alguma vez organizado começa por uma letra (k) que não faz parte do seu alfabeto.

Existe um país onde há 10 estádios novos em folha mas não temos sequer 5 hospitais dignos do nome.

Existe um país onde os polícias são os únicos que andam sem cinto (eles não têm acidentes?)

Existe um país onde os pedófilos ricos não são criminosos mas os pedófilos pobres são o "lixo da sociedade".

Existe um país onde há pessoas que não têm dinheiro para gastar no dentista mas andam de Audi e Mercedes.

Esse país estranho é o meu país. E aqui sentado, tento perceber porque
gosto tanto dele.

3.6.06

Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, dasdescobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos.
Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido.
Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.
Hoje não tenho mais tanta certeza disso.
Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida.
Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe...nas cartas quetrocaremos.
Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices... Aí, os dias vão passar, meses...anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro.
Vamo-nos perder no tempo....
Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão:
"Quem são aquelas pessoas?"
Diremos...que eram nossos amigos e...... isso vai doer tanto!
"Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!"
A saudade vai apertar bem dentro do peito.
Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente......
Quando o nosso grupo estiver incompleto... reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo.
E, entre lágrima abraçar-nos-emos.
Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia emdiante.
Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado.
E perder-nos-emos no tempo.....
Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades....
Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"

Fernando Pessoa